#07 Mariana Moura Santos

28 maio, 2017


Depois de passar por França, Alemanha e Suécia, Mariana Santos aterrou na 'Interactive Team' do jornal inglês The Guardian, tendo trabalhado nos conteúdos digitais de alguns dos casos mais controversos dos últimos anos, entre eles, as infografias sobre o Wikileaks. Rumou entretanto às Américas onde fez nascer o movimento 'Chicas Poderosas', que promove o empowerment das mulheres através de meios digitais. 

Se este fosse o teu perfil de uma qualquer rede social o que escreverias na área 'Sobre ti’? 
Love it or leave, fail fast succeed soon, don't take yourself too serious... uma destas.

Os media digitais ainda são um 'boys club'? 
Acho que não, há bastantes mulheres também. No que toca a liderança, cargos de chefia e tecnologia, no seu core, é que são ainda maioritariamente ocupados por homens.

Nas Chicas Poderosas já há casos de sucesso? 
Já há muitos casos de sucesso. A meu ver, só pelo simples facto de uma chica querer mais, querer usar o seu poder para criar impacto positivo no mundo, já é um caso de sucesso. Mas na verdade quando expostas a mais oportunidades e com uma simples ajudinha, as chicas têm dado cartas em cada país onde já estamos. Posso-te dar o exemplo de um grupo de chicas na Venezuela, apesar do caos em que o país está, conseguiram organizar um evento de transparência de dados... num país que é tudo menos transparente.

Integrar a equipa do The Guardian fez de ti notícia em Portugal. Ir para fora e ter este destaque tornou o regresso profissionalmente mais fácil? 
Não sei se fiz notícia, mas a situação está a melhorar bastante em Portugal mesmo ainda sentindo que o contexto social, político e profissional não está completamente preparado para agarrar todo o talento português que anda pelo mundo com vontade de voltar. Acho que ainda temos muito para aprender e nos faz falta por vezes uma certa humildade para tentarmos ser mais colaborativos e tentarmos vencer juntando as valências e capacidades uns dos outros. Sinto que ainda existe muito individualismo. Mas acho que estamos muito melhor do que há 10 anos atrás!

Se tivesses que fazer uma infografia sobre o teu percurso profissional, super recheado de experiências, com apenas 3 milestones em destaque, quais seriam?
1ª Sair da minha zona de conforto: sair de Portugal e ir para França, Berlim, Estocolmo, Londres, América Latina, EUA...
2ª Arriscar no The Guardian com tudo a acreditar que podia pertencer a esse grupo
3ª Formar e manter o projeto Chicas Poderosas

Daqui a uns 5 anos veremos mais 'Chicas' no poder? 
Espero que sim, é para isso que acordo todos os dias:)

Podem encontrá-la aqui: 
Website | Facebook
100 days of women © 2017